Ayurveda, Yoga, Unani, Siddha, Homeopathy, Historical Prospects of Ayurveda, Philosophy of Ayurveda, Basic Principles of Ayurveda, Ayurvedic Anatomy, Ayurveda Surgery, Ayurvedic Physiology, Ayurvedic Pharmacognosy, Ayurvedic Pharmaceuticals, Ayurveda Gynecology & Obstetrics, Ayurvedic Preventive and Social Medicine, Ayurveda Toxicology, Ayurvedic ENT & Ophthalmology, Language of Ayurveda, Science of Aphrodisiac, Gerontology, Psychiatry, Pathology, Poorvaardha, Uttarardha, Historical Prospects of Yoga, Philosophy of Yoga, Basic Principles of Yoga, Anatomy of Yoga, Applied Physiology of Yoga, Yoga Therapy, Yoga Sadhana, Yogic Relaxations and Meditation, Yoga and Rehabilitation, Yoga Asana, Yoga Shatkarma, Yogic Breathing, Yoga and Cultural Synthesis, Ashtanga Yoga, Mudras and Bandhas in Yoga, Loosening Exercise, Yogic Management of Stress for Executives, Personality Development by Yoga, Historical Prospects of Unani, Philosophy of Unani, Basic Principles of Unani, Anatomy of Unani, Applied Physiology of Unani, Unani Research Bio-Statistics and Methodology, Unani Clinical Methods, Principles of treatment & Pathology in Unani, Historical Prospects of Siddha Medicine, Philosophy of Siddha Medicine, Basic Principles of Siddha Medicine, Anatomy of Unani, Applied Physiology of Unani, Siddha Medicine and Surgery, Microbiology and Siddha, Medicinal Botany Siddha, Biochemistry-Siddha Medicine, Siddha Pharmacopea, Siddha Embryology, Siddha-Forensic Medicine and Toxicology, Siddha -Obstetrics and Gynaecology and Paediatric Medicine, Principles of Siddha Pathology including Clinical Pathology, Principles of Pharmacology and Medicinal preparation, Historical Prospects of Homeopathy, Philosophy of Homeopathy, Basic Principles of Homeopathy, Anatomy of Homeopathy, Applied Physiology of Homeopathy, Surgery & Homoeopathic Therapeutics, Homeopathy Pharmacy, Homoeopathic- Pathology, Parasitology, Microbiology, Homeopathy Repertory, Homoeopathic Material Media, Homoeopathic Obstetrics and Gynecology, Organon of Medicine, Organon of Medicine & Homeopathic Philosophy

Reader Comments

Comprar Aliança

by Norma Paes (2018-01-17)


A pergunta deve parecer óbvia para poucos, porém acredite, muita gente ainda confunde o aro de noivado com a coligação! Se você se encontra entre esses últimos, nos vamos te auxiliar :

O argola de noivado
O aro de noivado é a joia que tradicionalmente representa o Pedido de Conúbio. O prática de prendar a futura prometida com um aro é uma tradição bastante antiga: o primeiro registro histórico de um argola de noivado ocorreu em 1477, quando o arquiduque austríaco Maximiliano presenteou a Duquesa de Borgonha com a joia ao pedi-la em conúbio.

O aro de noivado mas clássico é o protótipo sabido como Solitário, constituído em ouro nevado e com um somente um diamante, como o da fotografia abaixo! Tradicionalmente, somente a senhora utilizava o aro durante o noivado.

Já as alianças marcam o instante do Consórcio. Segundo a tradição, elas seriam usadas simplesmente depois os noivos já terem se devotado de verdade. Elas são feitas tradicionalmente em ouro amarelo e seu protótipo mas clássico é o liso, que deve ter várias larguras. Veja abaixo um protótipo de alianças largas!

Agora, são qualquer vez mas comuns modelos de alianças diferenciadas e até mesmo personalizadas: alianças com ou sem diamantes, alianças largas ou finas, alianças em ouro amarelo, rose ou alvo, alianças com estampagem externa, entre diversos outras opções de protótipo! !!!


Acontece que, no Brasil, ficou bastante geral o rotina de solicitar em conúbio já com as alianças. Quando o parelha faz essa opção, as alianças de noivado são utilizadas na mão direita e, depois a cerimônia, passam para mão esquerda. Ou ainda, os noivos varias vezes trocam o par de alianças velho ( empregado durante todo noivado) por um par de alianças integralmente novo, anel solitario de noivado fazendo constantemente um Upgrade no protótipo

Justamente pelo hábito de se utilizar alianças de noivado, muita gente faz confusão com o aro de noivado! Porém deu pra escutar o que eles não são a mesma coisa? Além de as joias serem diferentes, elas também representam momentos distintos:

Argola de noivado: Simboliza o pedido de conúbio e início do noivado


Alianças: Simbolizam o início da vida como casados!


Essa é uma questão bastante pessoal. Adquirir as alianças e utiliza-las já durante o noivado é uma ótima opção para quem não está podendo gastar bastante no instante.




Nada obstante, se vocês puderem investir algo mas, a compra do aro de noivado é uma ótima escolha! Primeiro, porque razão ela com certeza vai amar. Segundo, porque razão é essencial levar em conta o dispêndio favor do argola :



Quando muito cuidados, anéis de noivado podem dobrar joias de família e durar varias gerações. Então, constantemente sugerimos que você divida o preço do aro pela quantidade de dias que este será empregado! Perceba que vale super a pena, né? Finalmente, o que nos dias de hoje que durabilidade por anos sem permanecer velho?


Além da espaço, eles possui um magia todo singular : são as joias que representam o instante do sim! A escolha de seus materiais – ouro e diamantes – não é a toa: o ouro representa alguma coisa valedouro, já o diamante é uma pedra estranha e indestrutível. E é justamente para consideramos o paixão : alguma coisa valioso, vasqueiro e infindável <3